Saturday, July 9, 2011

Problema de luxo


vista da frente do hotel
Gente, problema de luxo...mas foi complicado escolher uma viagem de férias pra Grécia, primeiro são 1450 ilhas, em cada ilha trocentos pontos bacanas, interessantes (fotos, dessas de encher os olhos) e descrições na internet das mais variadas, vejo vídeos (mais realistas), vou no Google map, surfo na net que nem uma condenada, e percebo que devo arriscar tendo meus objetivos como filtro, praia (sim preciso urgente), natureza (relevo acidentado, morros, pedras, montanhas, verde, muito verde), alguns passeios culturais, sossego, bater papo com os locais, sair da rotina holandesa, e só.

mapa da Grécia (ilha de Corfu na parte noroeste, pertinho da Albânia)
Odeio ser turista, digo, fazer parte dessa manada estereotipada como 'turista', sei que no momento que se cruza a 'fronteira' somos considerados TURISTAS, quando a viagem não é de negócio, isso consta estatisticamente nos mapas de visitas do mundo. Seu passaporte (nacionalidade), quem mais viaja no mundo (se desloca) a origem, onde ficam, qual o ponto no mapa mais visitado, somos apenas números e nacionalidades, provedores de divisas, e vou deixar uns eurinhos pra tentar salvar a economia da Grécia, eu hein? acho um absurdo o que está acontecendo por lá, fico muito triste, um país tão lindo como aquele, nas mãos de incompetentes, bom...deixa prá lá que o Karolos Papolias  resolva com sua corja (parlamento) esses problemas, eu só penso no meu bikini retro, de poás preto e branco, no meus maiôs pretos e nas havaianas...o dia inteiro na paz de não fazer nada, fazendo o mínimo.


Dessa vez vou sem criança, meu filho ficou reclamando, por que não leva a gente? Filho ano que vem, esse ano...preciso respirar...ano que vem vamos todos, pede pro seu pai te levar pra algum lugar (os dois ficarão 3 semanas com o pai), e o resto das férias comigo. Dimitri irá por uma semana na Colônia de Férias Dom Bosco (pela segunda vez)... também não quero ver filhos dos outros se jogando na piscina de escorregador, criança chorando ou jogando futebol, quero passar longe, ver pai barrigudo de cerveja (oh!), mãe estressada e descabelada (como eu, não quero espelhos)...tinha que ser um hotel com poucas crianças, desses bem sem graça, normalmente criança gosta de estar ativa ...primeiro eu ia pra Paros ano passado, numa viagem de yoga, fazer um curso lá, mas acabei mudando de casa e não deu..., depois mudei a idéia pra Creta (nesse ano), fazer o passeio no famoso labirinto de Creta que é na verdade um gruta de sei lá quantos metros..., depois troquei pra Lesbos, porque ai podia dar uma passadinha em Tróia, descobri um local bonito em Petra onde há uma variedade enorme de pássaros e belos passeios 'trekking' , conjecturei Santorini, vista linda...mas é ilha Cyclade, terra preta de vulcão na praia...achei melhor não, agora vou de Corfu (ilha) onde o mar é de águas cristalinos, a vista é fantástica, na parte mais montanhosa da ilha, no meio do nada, dá pra fazer uns passeios de barco, ler, andar numas trilhas íngrimes até ir a praia, nada de internet, assim fico uns dias LIVRE desse vício, porque só vou ter celular com internet a partir de agosto, e ai...já era.


Consegui finalmente me decidir, e J. concorda com tudo, porque ele confia no meu gosto...que recaiu sobre as Ilhas Jônicas, de relevo acidentado, clima mediterrâneo. Pegando um barquinho você está na Albânia, bom...então devia ficar na Albânia, que deve ser mais barato, pago pra rua inteira, mas pensa bem?
Onde você foi?

- Na Albânia, e o que tem? Albaneses...quem quer ir à Albânia, levanta o dedo? 

hotel que vou ficar em Barati
Não, ninguém quer ir pra Albânia, ou pelo menos não conheço alguém que queira ir pra Albânia...ajudar a Albânia, visitar a Albânia, passear na Albânia...talvez um dia...

vista aérea do hotel, qualidade da foto tá ruinzinha

Tenho uma amiga que já foi várias vezes pra Grécia e conhece de cabo a rabo (várias ilhas), mas me deixou mais confusa ainda com suas dicas, bom, ela conhece os quatro cantos do mundo também, de malas prontas pro Japão meses atrás, terremoto e Tsunami, foi parar na Indonésia com o filho, colega do meu filho...me trouxe uma bolsa de BALI, dessas que vendem pra turistas de algodão, escrito: I heart Bali.

Mykonos também é muito conhecida, nem cogitei, quero fugir de babado, pânico e confusão...O que teria exatamente em Barbeti a praia que vou ficar no norte da Ilha, tudo e nada, hotel estilo mediterrâneo, mar Jônico, irei a procura desses seres mitológicos, das ninfas atrás dos montes, das árvores, da minha infância na peça Pigmaleão na escola, dos 12 trabalhos de Hércules (Heracles) de Monteiro Lobado, miscigenando os personagens do Sítio do Pica Pau Amarelo, da árvore genealógica das edições de Mitologia Grego-Romana da Editora Abril, do exotismo da idéia de estar numa Grécia (Antiga) que não existe mais, longe dos turistas, da crise do país, do lugar comum dos humanos, perto de todos os deuses, semi-deuses, ninfas, monstros, centauros, criaturas...imaginárias.   
trilha pra ir pra praia a pé

O importante é que me decidi, ufa, 'bookei' e agora é fazer as malas, Bebete vai pra Barbati. Σας δείτε σύντομα!


2 comments:

Beth Blue said...

Mulher, que delícia! Grécia está na minha lista para as próximas viagens (estou emtre Grécia e Egito para ano que vem, luxe probleem né?)

Curta MUITO suas férias a dois sem crianças penduradas...mãe também merece férias!!!

Eu fi-nal-men-te estou indo ao Brasil com Liam dia 22, mal posso esperar! Estamos ansiosos para embarcar logo e na contagem regressiva.

Também não é pra menos, demorei 12 anos pra retornar à terrinha e Liam vai conhecer pela primeira vez.

beijos e bom domingo!

Mário J. D'Angelo Jr said...

Bebete me lembra after Madame, sunday morning. Grécia me lembra "the big blue" de Luc Besson. Só coisas boas !!