Monday, August 29, 2011

Cascalhos e outras pedras no caminho


Uma das coisas que mais gostei da minha viagem à Grécia nesse ano, foi meu debut em praia de cascalhos.
Achei uma delícia e muito melhor que areia (digo, porque areia entra por tudo e me irrita às vezes, apesar de gostar muito de areia fina e branca), mas é ir em praias de areia, e lá se volta com grãos de areia nos óculos, na bolsa, colados no protetor solar, no fiofó. Na areia é claro dá pra fazer castelos belíssimos e criativos, mas com cascalho também dá pra brincar e fazer totens de pedras, sem significado algum, fortes, escolher as cores e formatos molhados dentro d'água é uma diversão sem fim, procurar por mais pedras, a cor ideal, o formato ideal ou imperfeito, fazer mosaicos que terão a duração de 24 horas ou menos, vagar e esvaziar a mente em estado meditativo interagindo com a natureza, atividades lúdicas regada a um panorama de quietude propício ao redor, o mar azul, a imensidão do céu, os pássaros flanando, as montanhas, a vegetação, as pessoas ao redor na mesma sintonia de tranquilidade. Voltei a ser criança (como faço muitas vezes) no encontro com o mar, e essa primeira foto, foi praticamente planejada, tamanho o teor zen que ela encerra; havia visto umas fotos no tumblr antes da viagem e estava doida pra fazer a minha versão.
pedras secas
o sapatinho de neoprene e solado de borracha super aconselhável pra esse tipo de praia 


Levei da Holanda um sapato de borracha que quebrou muito o meu galho, como marinheira de primeira viagem, porque caminhar e andar nesse tipo de praia requer uma certa experiência, não há praticamente passeios e longas caminhadas, e sim, nem todas as pedras são arredondadas, algumas têm pontas e podem machucar o pé, mas que todas são lindas, são, e trouxe até algumas pra mostrar pras crianças e para guardar de lembrança.

Barbati combinou muito com Bebete, e mais ainda esse mar que vou deixar pra futuras postagens, porque são muitas impressões positivas de primeira vez, e adoro a fase da viagem da volta quando se está em casa, e se sorve cada momento revisitado pelas boas lembranças, é assim que as pedras no caminho e no sapato só acrescentam.









No comments: