Sunday, January 14, 2007

Prazer em conhecer somos as tais Bebéticas



Bom dia, boa tarde boa noite...


Cá estou eu, bem-vinda eu, esta é a minha apresentação tímida.

Hoje conversando com uma amiga ao telefone e discorrendo da necessidade da língua escrita como registro, desabafo, terapia, e possíveis horizontes mais azuis se abrindo, resolvi criar esse blog.

Minha opinião sobre "blogs" é que eles são massageadores de egos. Exibicionistas das palavras e idéias, e tiradores de vantagem de algo dentro da nossa sociedade automatizada. Como direi, os 15 minutos de fama das pessoas que ficam em casa acompanhadas pelo seus PC's seus laptop na praça, nos aviões...tanto faz, o mundo ficou pequeno nesse sentido e mais democrático..

A notoriedade pode acontecer, ou não mas isso não é lá muito importante, ou é? O importante é sermos lidos e apreciados, cada um com seu próprio estilo, e se aperfeiçoando..

No meu caso, se deu pelo simples fato que eu sempre escrevi, e nunca ou quase nunca consegui guardar e arquivar meus textos. Tenho textos espalhados em diários, programa word, cadernos, folhas A4, e pedaços de papéis no banheiro e muitos ou vários textos em comunidades de orkut. Estou no meu terceiro perfil por lá, quem não conhece orkut, que vá no google procurar...mas lá escrevi muito sobre a minha pessoa, e pelas circunstâncias foram todos pro limbo, buraco negro, triângulo das Bermudas. Sim, o vento os levou, e meus filhinhos não existem mais, e nem chorar posso, porque não lembro mais deles.


Escrevo por necessidade, e não pela obviedade de ser lida e compreendida e ou admirada, quero deixar bem claro. Porque acredito que o que escrevo, diz muito da minha personalidade metamorfótica, caótica, organizada, desesperada, ansiosa. E mesmo querendo ser uma pessoa nobre, me sinto que entrei agora numa ego trip necessária e que graças ao universo, não tem volta...e de uma forma geral mostrará as várias Bebetes que habitam em mim.

Ah! Sei lá se isso vai acrescentar algo a vida de alguns ou não, não posso garantir, eu acredito que não dá pra mudar e por conseguinte melhorar o mundo, se não começarmos por nós mesmos. E é porisso que resolvi levar a sério as minhas idéias, vivências, pensamentos e opiniões nesse arquivo, como uma forma de cura, desabafo e a tal necessitá.

Estejam a vontade pra opinar, contrariar e ou se atrever a ficar calado, tanto faz...só não vale bocejar, a não ser que você esteja há dias com insônia. Crítcas, construtivas serão bem vindas, destrutivas....come on, crie seu próprio blog!

2 comments:

Beth Pinheiro said...

Gostei disso aqui:
Escrevo por necessidade, e não pela obviedade de ser lida e compreendida e ou admirada, quero deixar bem claro. Porque acredito que o que escrevo, diz muito da minha personalidade metamorfótica, caótica, organizada, desesperada, ansiosa.

eu também já disse antes no meu blog que escrevo por pura questão de sobrevivência - sem tirar nem pôr.

Bebete Indarte said...

Eu não te copiei não viu, também sou assim...q loucura.