Sunday, February 20, 2011

É bom voltar


Estive longe desse blog, pois achava que as coisas que fazia não eram lá dignas de vir aqui e 'me abrir' como um pára-quedas, e não só porque sou viciada e adoro o Facebook. À quem iria interessar? Continuo adorando o Facebook, e tenho contato diário com pessoas ótimas, amigos próximos e distantes, brasileiros e estrangeiros, e também as pessoas me passam uma parcela do mundo delas,  e compartilhamos normalmente a mesma linha de pensamento, as músicas, arte, cotidiano em larga escala e veloz, e assim os dias vão se passando, mais leve.

Acontece, que eu gosto de escrever, e estava escrevendo no blog do Facebook de vez em quando, mas aqui parece que é mais o meu cantinho que lá, e que as postagens ficam mais ordenadas e arquivadas, e não se perdem na poeira, e a minha intenção não é ter platéia, é escrever por escrever, por necessidade de me expressar, de mostrar ao mundo aquilo que quero e gosto, que necessito.

Há muitas postagens em rascunho,  nunca as postei; algumas de minha mudança de casa, depois de 14 anos, da experiência de pegar uma casa no zero (zero mesmo) e forrá-la praticamente toda, e deixar com aquela sensação de wow quando se vê o quanto progredi com essa mudança, pelo esforço próprio e paciência, quanta paz que isso me trouxe, junto com J., não consegui escrever nada sobre a morte de dois irmãos no período de um mês no ano passado, da mudança de minha filha que virou mulherzinha também ano passado, causando sérios transtornos de ordem psicológica e biológica, mudou de escola e fez um musical que eu chorei na escola anterior, das visitas que recebi, das fotos que tirei, dos vídeos que fiz, das poucas mas boas festas que fui, dos muitos filmes que vi, das alunas de yoga que tenho e me inspiram, dos poucos livros que li, infelizmente, das muitas músicas novas que ouvi (sempre) e sets de DJ's amigos e desconhecidos. De amigos novos que ganhei, de alguns que se afastaram (vida corrida, pra todos).

E de muitas imagens na internet, que colecionei, como essa que postei, porque imagens dizem muito, e o que eu quero passar agora é isso: pode começar a chover lá fora, nevar, seja o que for, mas aqui dentro do meu lar, do meu cantinho está bem quente e aconchegante e tudo está perfeitamente bem, assim como é.

É bom estar de volta, à casa.


2 comments:

Beth Blue said...

Pode começar a chover lá fora, nevar, seja o que for, mas aqui dentro do meu lar, do meu cantinho está bem quente e aconchegante e tudo está perfeitamente bem, assim como é.

E no final das contas, é isso que importa! A gente tem de valorizar mesmo são as pequenas coisas do dia-a-dia. E ser feliz com o que temos.

Confesso que esses dias cinzentos e chuvosos me deixam enlouquecida mas a gente sobrevive como pode. E sim, eu também encontrei meu cantinho no mundo...e isso é muito bom!

Beth Blue said...

...e a minha intenção não é ter platéia, é escrever por escrever, por necessidade de me expressar, de mostrar ao mundo aquilo que quero e gosto, que necessito.

Então continue escrevendo! Eu também nunca corri atrás de seguidores, eles foram chegando aos poucos mas o importante é que fiquem e gostem do que lêem no meu blog. O resto é propaganda!

beijos