Friday, June 15, 2007

Por causa do ANÃO DE JARDIM


Danuza Leão dizia que nós mulheres nunca deveríamos sair de casa mal arrumadas, nem que fosse pra ir à padaria.
O que ela esqueceu de dizer é que a gente nunca deveria sair de casa sem as "lentes de contato".
Hoje levei meu filho na escola e como de costume passei no supermercado pra fazer as compras do final de semana. Como tinha de sobra, fiquei fuçando as coisas por lá, e esse supermercado também tem uma perfumaria anexa, uma tabacaria - que também vende revista, uma loja de bebidas mais completa, porque aqui bebidas com alto teor alcóolico não podem ser vendidas no supermercado como whisky, vodka, etc.
Coisas de Holanda.


Depois de fazer as devidas compras, fui na perfumaria - sempre tem algo diferente e um desses algos eram "anões de jardim", haviam vários modelões e como não posso carregar todos na bicicleta e nem quero meu jardim cheio de kitsch "kabouters" optei por um bem bonitinho, com um machado na mão. E depois passei pela parte de camisinhas, gels, vibradores saudáveis, e vi uma camisinha vibrador, camisinha vibrador??? Mas a unidade custava quase 4 euros, sendo que a marca melhor durex custava quase 8 euros, achei o preço salgado, mas fiquei curiosa. Tem uma amiga que acha que essas perfumarias tem jeito de sex shop, eu acho super legal comprar lá gel lubrificador, nunca comprei vibrador, porque acho caro...e sonho com um Tarzan(coisas de mulher como eu).

Comprei dois pacotes de cigarro na tabacaria, e dei uma olhadela nas manchetes de hoje, e como ontem choveu demais por aqui, um bairro de Leiden chamado KOOI (gaiola) ficou debaixo d'água. Sorte que não moro lá...mas ao mesmo tempo acho super chato pros moradores desse bairro, que é o mais pobre de Leiden e fica na parte norte, porque sempre a "parte pobre" sofre mais?
Ontem mesmo deixei a janela do meu quarto aberta, e a chuva molhou toda a cortina, umas roupas na cadeira, e meu colchão e edredon...quem mandou deixar a janela aberta pra arejar, arejou demais, molhou bastante...olhei outras revista a "Happinez" onde Paulo Coelho possui uma coluna mensal, e a horrível Cosmopolitan...como essa revista piorou, era uma coisa Women rights friendly, agora virou do tipo: como ser sexy 24 horas por dia, ou seja, até nós sonhos, avestruz...que porre.

Mas voltando ao supermercado, quando estava entregando o carrinho e pegando meus 20 centavos de volta (aqui os carrinhos são pagos, você devolve e pega a moedinha), e estava de óculos (meu óculos novo pra longe e perto)que me deixam com uma cara de nerd e olhão, eis que vejo uma aparição.
Alguém que se aproximava em minha direção, ou na direção de passar pela roleta para adentrar o supermercado. O Sr. garoto aliás, "Ralph Lauren", bom ele que intitulou assim. Vou explicar, em dezembro do ano passado tive uma "coisa rápida" sem querer querendo com esse menino, que tem como hobby o box tailândes. Lá estava ele, com a mesma cara de lutador de box e roupas, um Stalone de cabelo curto, mais chique, mesmo de jogging ele parece elegante, uma coisa Ralph Lauren mesmo, gente com corpinho em dia e cara bonita, não precisa lá muito de aditivos....e eu de "óculos", sem maquiagem e com as olheiras da manhã e da idade, detalhe ele tem 22/24 anos ou coisa assim...sorte que estava de botas altas, e ele não é lá muito alto, e que não sou aquelas holandesas que usam as capas de chuva de marido e ficam com cara de bolacha motorista de jamanta.

Putz pensei e tirei o óculos para cumprimentá-lo, mas ai foi pior porque não enxergava quase nada, mas pude ver o jeito distante de ser dele me perguntando com o rosto meio esquivado?

- Como vai tudo bem?

Tudo bem e você?

Eu vou bem, e as crianças vão bem?

(Quando ele perguntou das crianças, deu vontade de perguntar...e seu cachorro fedido vai bem? Ele tem um pastor alemão)...

As crianças vão bem...pois sim, que pergunta era essa? E eu queria era sumir...diacho, tem dias que eu me preparo pra isso, mas tem dias que as coisas simplesmente acontecem por acaso, sem planos, nada.
Danuza dizia que nem por decreto devemos sair mal arrumadas, porque vá que encontremos um Ex, e o que pra ela é pior, a atual do Ex.
Quanto a Exes e atual de exes, eu não acho lá um grande problema, porque tenho poucos exes que moram na Holanda, mas o que eu acho chato, é encontrar moleques que tive alguma coisa "sem expressão", porque as "crianças" no geral se ligam muito nas aparências, uma ilusão, insegurança. E apesar de estar dobrando o cabo da boa esperança, quer queiramos ou não, às vezes tomamos atitudes impetuosas, impulsivas, e somente depois percebemos as consequências, e essa pessoa em particular...foi só um cometinha rápido que passou pela minha vida, uma one night stand, essa é a palavra, mas igual mora numa cidade quase colada da minha, e se eu viver aqui o resto dos meus dias, essas coisas vão acontecer ocasionalmente, dã...(a teoria do dã de Porto Alegre). E um belo dia estarei de "rolator" (o que os velhinhos que não conseguem caminhar usam - tipo um carrinho pra se equilibrarem e ajudá-los a caminhar)...e lá vou eu encontrá-lo com 4 filhos.
Além da Danuza eu deveria ouvir um amigo o Mattia, "I never f*** loco's"...

Sobrevivi, e ele entrou supermercado adentro, e espero não revê-lo tão cedo. Porque ele certamente irá fazer o mesmo tipo de pergunta, como educação, ai juro que pergunto se ele vai comprar um shampoo pra cachorro, e acabo com a ilusão toda.

Voltei pra casa com a cesta da bicicleta cheia, e mais uma sacola com o anão de jardim, pensando que às vezes o passado volta a tona num estalar de dedos, só pra te lembrar que não custa nada, ou uns minutos a mais colocar um rímel, um batonzinho, mas que pode custar muitos minutos pra colocar a lente, mas que valerá a pena pra enxergar melhor a "saida dos funcionários".

4 comments:

Beth Blue said...

hahaha, ri muito com a tua estória. e nem me fale de passado voltar à tona, eu esbarrei outro dia mesmo com um ex-namorado que não via há anos...detalhe: não apenas estou muito mais gorda do que quando namoramos como nem estava maquiada - porque não uso mesmo maquiagem e você sabe disso!

o mais estranho de tudo é que ele gostou de mim assim mesmo, e ainda marcamos de sair semana que vem. ele vai se despencar de Haia pra cá pra sairmos para beber e comer algo. vida loca né...mucho loca!

annix said...

er, essa "camisinha vibratória" é o Play por acaso? Se for, é um cock ring com um trocinho que vibra por até 20 minutos. É ótimo, aliás!
(e dá pra ligar e desligar)

Antonio Fontelles said...

Nem me fale disto de encontros aleatórios com one night standers... pelo menos neste caso a sua lembrança era boa... imagina o quão pior teria sido se o encontro tivesse sido com um tipo do qual você só tivesse más recordações? Quando não dá mais tempo de virar a cara e fingir que não viu... Acontece...

Anonymous said...

Vou ver se encontro aqui por Barceloca essa camisinha que desconhecia.....agora no Natal passado me dei de presente umas bolas chinas super fashion, e justamente hoje decidi experimentar, porque estava esperando o resultado de alguns exames e minha ginecologista dizia para eu esperar.....enfim até agora nada porque coloquei ali e estou tranquila pela casa, mas acho que essa tarde vou ao gym com elas a ver que passara, ah!ah!ah!
quanto o de sair arrumadinha estou de acordo, ainda que alguns dias da preguiça ; tenho uma amiga portuguesa que jamais sai de casa sem passar um lapiz nos olhos.