Friday, March 16, 2007

About me de hoje no Orkut


Chega, nessa terceira "série" de orkut não vou deixar ninguém me "tirar do universo" como pronunciou minha amiga Kety.Como muitos, estou aqui...não para brigar, não para magoar, não para discutir coisas indiscutíveis.Mas para trocar experiências diversas de vida, acrescentar amigos, acrescentar algo na vida dos amigos, e aprender sempre que a vida vale ser vivida cada dia, com toda dor e todo o júbilo(ai que palavra bíblica).Não virei santa Bernadete, nem católica sou. Sou mais um ser, circulando nessa órbita planetária, consciente das imperfeições da humanidade, carente de amor como todos, do amor incondicional, do amor platônico...do amor carnal, e etc e tal"Qualquer maneira de amor, vale a pena", como dizia a letra da canção. E como peregrina de minha revolução humana, metamorfótica sempre porque tudo é transitório na vida, registro aqui que "todas as pessoas valem a pena"...mesmo as CHATAS que mandam spam.


O texto acima é o meu "about me" de hoje no orkut.

Muitos brasileiros conhecem o orkut, e talvez dispense apresentações.

Tenho a característica mutante de trocar de about me, deletar...colocar outro, muitas pessoas o fazem, e eu o faço...por que sinto que sou uma pessoa que mudo a toda hora, aliás até exagero na dose.


Se explicar é chato, não é necessário...às vezes, mas por ter sido deletada duas vezes, ou seja, esse é o meu terceiro perfil no orkut, percebo que devo dar uma satisfação à pessoas que não entendem minha saída repentina do mesmo, até sendo porque "já fui uma pessoa pública"(Que fim levou Robin? Massivo/Latino/AZE 70/Amostra Grátis/The Ultimate - Latino Itinerante).


Fui cancelada=deletada=banida, hackeada, por duas vezes no orkut. Numa guerra que podem chamar de "amorosa"...confesso que os dias passam e percebo que de amor não teve nada, ou o sentimento em si "não é o culpado"...e sim as pessoas nele envolvidas.


Zand erover que nem dizemos em holandês (areia encima)??? Será...

Por conta desse ato, perdi contato com várias pessoas queridas, estou agora me explicando, perdi comunidades, entre elas, Bebete Indarte/GLS na Holanda/Zé Contente - livro do meu irmão/Bipolar Aware...criadas por mim, com exceção da Bebete Indarte, criada por Mauro japonês, e fora isso aquela rasgação de seda toda "Os depoimentos" que se foram. Who cares?

Eu.


Não me deixei abalar, mas confesso que ainda está sendo desgastante. Há quase três anos que faço parte do UNIVERSO DO ORKUT, e pra nós estrangeiros, tem até um outro sabor. Nos sentimos mais perto de nossa terra, nossos amigos, nossa família...ficamos mais próximos uns dos outros, podemos escrever em português, discorrer nas comunidades assuntos de nosso interesse.


Parafraseando a grande Patty Thompson ex presidente da fundação HOPE (auxílio para crianças carentes com câncer), que também sofreu algo semelhante no orkut:


"Nós nascemos das cinzas"(amiga). ...


E assim somos, e que venham os leões e os "invejentos" de nossa felicidade.

O orkut é meu e ninguém mais tasca.

No comments: