Sunday, March 18, 2007

Down by law


Ficha Técnica:


cena do crime:


-local: Amsterdam

-evento: aniversário de 40 anos de irmãos gêmeos - café de Hogesluis - na frente do hotel Amstel

-música:

DJ que tocava dance classics (Pump the jam pump up - Technotronic é tudo)- muito bom por sinal-banda com vocalista negra e gorda e nervosa(perfeito) e uma menina saxofinista, claro prefiro sempre o DJ, mas a fofa era auma Diva de peitão e tudo e cheia de suor e odores hihihi.

-público

= 200 holandeses gigantes bêbados-muita fumaça-poucos amigos, porém bons(Marília/Andréa/Esperança/Branca/Jascha), e mais uns conhecidos que eu nunca vi, e o cara que eu convidei pra ir pra lá, eu era um tipo de furona e ainda levei um furão, hehehe.
A culpa não é minha, ele me mandou uma sms "you're not leaving this town before you had at least one drink with me"...um date de última hora, mas uma pessoa de primeira (artista plástico, pianista, fala 5 idiomas, super bem o spañol, decorador, moderno, cidadão do mundo, sexy)
pontos menores ou irreconhecíveis:

não ouvia nada do que ele falava, nem ele a mim e eu? me entupindo de pepsi light e nicotina, e ele sempre charmoso acendendo meu cigarro, porque eu falei para ele que assim manda o figurino segundo meu pai, um homem acende um cigarro de uma mulher. Determinado momento eu quis quebrar o "protocolo", e ele falou:
- Lembre-se do seu pai!
- Fofo...adoro gente, que nunca vi e sempre amei...e ainda dançamos juntos, até que eu enchi o saco, e deixei ele pra lá...e ele foi embora dizendo : "Eu não me sinto em casa aqui, vou embora", segurou a minha cabeça e me deu um beijo na boca, daqueles que se fica pensando o que é?
Amizade, hormônicos pululantes, carência...resolvi deixar assim, te ligo disse...vamos numa amiga italiana artista plástica.

- perdi a caixinha camuflada do meu óculos novo "Bruce, Booth& England", buáááá

- e que mania que os motoristas de táxi de Amsterdã têm de me acharem boazinha, e quererem me proteger, bom...tanto melhor.


- Leiden (trem), esperei 40 minutos na CS (Central station), sem nada pra ler, que é uma tortura de madrugada...e sem ipod, buááááááá, mas pelo menos nessa noite não fui pra Utrecht (Utreque).


The day after:

letargia/lerdeza nas mãos/peso nos braços e nas pernas/nuca tensa...olhos danificados-dor na garganta pelo consumo excessivo de nicotina devido aos estímulos externos

resultado: sem embalos de sábado chill-out, abostar na frente da TV e outra atitude passiva qualquer.


Desafio:

tentar beber chá verde, água, evitar o fumo

sorte que tenho colírio Moura Brasil, pepino comprado para os olhos - colocar ? ñ tenho paciência fazer daimoku e gongyo lento dormir o máximo possível (dormi 13 horas)


E agora vocês vão me perguntar o que o filme do Jim Jarmusch tem a ver com a festa que fui na sexta feira. Bom, no filme eles foram todos presos, se meteram em roubadas, uns inocentes outros cairam em armadilhas, mas não eram grande coisa referente a caráter. E o cara que conheci era uma mistura de Tom Waits e John Lurie(tira o Roberto Benigni fora)...um tipo alternativo, saído de um filme do Jim, ficamos amigos, porque não bateu mesmo...mas já a minha amiga gostou dele, né Má?, se ele que ela lembrar porque ela sim encheu o caneco...junto aos outros 198.


No comments: